sistemaaprendendo@gmail.com

(92) 98829 9604

Lições de vida que o esporte proporciona

Equipe da redação em: 26/07/2021

"Tudo que quero é me divertir e conversar com minha mãe."

Com esta frase  a pequena, e agora vice campeã olímpica, Rayssa Leal entra para a história do esporte brasileiro como a atleta mais nova a conquistar uma medalha em olipíadas.

O feito foi grande e a coloca como uma atleta digna de ser chamada de grande heroína do esporte nacional, mas a lição que essa  edolescente nos dá é a de que precisamos deixar nossas crianças serem crianças, nossos adolescentes serem adolescentes e nossos jovens serem jovens. Tudo que uma criança quer é estar junto de seus pais, brincar e se diverdir. Cabe aos adultos, resposnáveis, oferecer condições para que todos cresçam de forma saudável e que a escola não seja um peso, mas um um espaço que abre caminhos para o crescimento pessoal de todos que a frequentam.

Infelizmente, em nosso país, inúmeras crianças e adolescentes têm seus direitos a diversão e ao convívio com suas famílias roubados, furtados e expropriados por uma pequena sociedade que impõe regras e costumes morais cercados de violência e divesos outros problemas sociais.

Isso se reflete em várias camadas sociais, mas, principalmente, entre os mais pobres é que o problema se agrava mais e como exemplo podemos citar as inúmeras crianças pedindo e vendendo em sinais de trânsito das grandes cidades.

A Rayssa é uma vencedora. Com certeza irá inspirar muitas outras jovens meninas a praticarem a modalidade do skate, que por muito tempo foi um esporte discriminado, mas a imagem que gostaríamos de destacar é a lição que ela nos dá de que precisamos viver aproveitando o momento que a idade proporciona.

Uma sociedade justa se faz com crianças, adolescentes e jovens felizes e essa felicidade depende de empregos, salários dignos, educação de qualidade, saúde e segurança.